.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

No coração desperta a poesia quando a inspiração reconhece o seu eu,
É quando diante das pedras surgem escaladas esperançosas para livrar-se dos monstros que o rodeiam,
É quando existe nó que se desata com as ventanias passageiras,
É quando o sol clareia a estrada e a lua abençoa o sono e sonhos para poetizar e viver,
São sentimentos que surgem das forças naturais, 
Que externam o que sufoca e o que liberta.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial