.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

A filosofia do Karatê contribui para o desenvolvimento humano




O Karatê é uma arte marcial que foi desenvolvida no Japão e que se espalhou no Brasil no fim do século XX. Até então, muitas pessoas fazem a modalidade tanto, para a defesa pessoal quanto, para aperfeiçoar o autocontrole em diversas situações.


Para ensinar a arte marcial é preciso dinâmica, pedagogia, competência e aptidão, essas são as qualidades que não faltam em Joselito  Fernandes, professor de Karatê. Ele da aula a mais de 40 anos para crianças, jovens e adultos, sendo mulher ou homem, não existe diferença.
Treinamento coletivo


Antes de iniciar as aulas, o professor, além de contar a história da arte marcial, também aborda as questões das filosofias de vida, prega a paz, a ética e a sabedoria.


Até chegar em  Ipiaú para da aula de Karatê em 1987, Joselito passou por diversas cidades  baianas a exemplo de Jequié, Gandu, Ubatã,  Jaguaquara, Santa Inês, Cravolândia, Tancredo Neves, Wenceslau Guimarães, Itamari, Aurelino Leal e Ubaitaba, disseminando a arte marcial.


Professor Joselito



A experiência de passar por diversos lugares diferentes fez com que Joselito chegasse ao grau faixa preta, sétimo Dan de Karatê. O professor também já esta se preparando para chegar ao oitavo Dan. Igual a ele não existe.


Benefícios do Karatê


O professor Joselito da aula de Karatê, nas segundas, quartas e sextas-feiras, na escola Hildebrando Nunes, que fica na Rua Padre Anchieta, em Ipiaú.


É perceptível a diferença de idades dos alunos que praticam a arte marcial, de garotos a adultos.  Joselito explicou quais os benefícios que o Karatê pode oferecer para os praticantes.


“Para começar a praticar o Karatê, assim como qualquer outro esporte, não tem idade certa, só basta começar a andar. A importância de praticar o Karatê é da sustentação para a vida, os exercícios e atividades realizadas podem proporcionar um corpo bom e uma mente saudável. Pra mim a importância é isso, poder ajudar as pessoas a cuidar da saúde física e mental”, explicou joselito.

 
Ainda de acordo com Joselito, “muitos estudantes que praticam o Karatê quer chegar a faixa preta e para chegar até ela é preciso muita disciplina, esforço, assim como, realizar os exames corretamente. O tempo para se chegar a faixa preta é aproximadamente seis anos”.

Demonstração de combate


Joselito ainda complementou que a “filosofia é treinar com eficácia, controlar a violência, não ser violento em casa e na escola, pois o nosso real objetivo é preparar o atleta para viver em sociedade”.

João Emanuel, um garoto de 8 anos, faixa branca, um dos mais novos atletas da turma de Karatê do professor Joselito, comentou por que faz a arte marcial. 

“Eu gosto dessa arte marcial, é interessante porque me ensina  a me comportar na escola e em casa. Eu mesmo que me interessei pelo Karatê e por isso estou praticando”, ressaltou João.

Já para Van Carlos, faixa preta de Karatê e aluno de Joselito, também comentou porque pratica a arte marcial.

“ O Karatê é uma filosofia de vida, pois tem uma hierarquia, tem uma disciplina para formar o cidadão, tanto que meu  filho com nove anos, já pratica a arte marcial.  O Karatê ensina a gente a se comportar na sociedade, você não vê ninguém que pratica a modalidade se envolver com brigas, em drogas ou em bagunças na escola. Meu filho mesmo, teve  a livre espontânea vontade de querer fazer a arte e seguir os passos do pai e eu me sinto feliz por isso”, frisou Van Carlos.


Meninos já graduados em demonstração de combate


Não deixe de pratica esporte é bom para o corpo é bom para a mente, se quiser treinar o Karatê não deixe  de procurar o professor Joselito, nas segundas, quartas e sextas-feiras, na  Rua Anchieta, na Escola Hildebrando Nunes, em Ipiaú.


Vicente Andrade              
       
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial