.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

O cantautor Ayam Ubráis Barco lança o clipe de A Bicicleta..





A hora de recomeçar, renascer e aprender! Esse é o sentido que faz o homem em sua plena consciência.



Foto: Edson Bastos
Ayam Ubráis e Aiana durante a gravação do clipe de A Bicicleta 


Então, desde o dia em que escutei pela primeira vez, em violão e voz, as batidas e a letra, comprovou que o conjunto da composição apontava o coração e a vontade de viver.

Tão lindo que emocionava e emociona, encoraja os fracos e oprimidos a criarem saídas diante da queda, o aprender e o levantar. E assim, “tenho tinta nos pés para cantar com as pegadas os defeitos do meu coração”.

Passos de formiga, com serenidade e verdade, se consegue o que se pensa, mesmo, estando cansado de tantos caminhos incertos. Mas não esqueça que os horizontes estão sempre à frente. Pois, “se encerrou o ciclo pra que tontear em círculos”. Até aprender a condição é preciso se libertar das dúvidas e amarras.

Então, “ cai levanta não cansa olha prá frente vai pedala”. Com a queda se aprende que até a colheita das sementes semeadas, existe um logo caminho a seguir.

Cartão da canção A Bicicleta
Desenho do Bráis 

Então, “pode ficar com essa bicicleta porque eu já cansei dessas pedaladas”. Nesse instante nasce o sonho de uma criança no sorriso e na coragem, no amor e na esperança, sem se esgotar a vontade.

Assim entendo a canção “A Bicicleta” do “cantautor”, Ayam Ubráis Barco. E quem sou eu para achar algo de uma obra tão eloquente e tenaz que se encontra a paz ao escutar?

A resposta é simples: Quando se sente verdadeiramente algum sentimento, o coração sorri traduzindo todo o encontro dos segredos de si em relação ao amor.

Nada além do imaginário é só uma questão de ser e de viver plenamente no instante vivido de um tempo e aprendizado.

Tudo é coerente quando se encontra o que se quer seguir, com ou sem destino traçado.
"Fui dizer a Deus que o que havia em meu peito...." 

O encanto transparece em natureza, os passos e as alegrias estão condicionados à imaginação do real em tranqüilidade e sem os nós e as dores que atordoam diante do chão.

A canção “A Bicicleta” evidencia as flores carregadas sempre na dianteira para celebrar o dia com perfumes e conquistas.

Elas podem cair, mas as raízes ficarão cravadas no chão nascendo o mais lindo jardim que há de se enxergar dentro de si. Basta amar.

Esse é o sinônimo da canção, da melodia e do acorde simples traduzido no clipe oficial de ‘A Bicicleta’ produzido pela Voo Audiovisual e Isaias Neto Cinewedding, lançado ontem(24/01), aniversário de Aiana, afilhada do Ubráis, que protagoniza com ele a atuação no vídeo.

Único e incomparável, esses sãos os elementos que se pode ver e escutar tanto na canção A Bicicleta, quanto no disco Partir o Mar em Banda, do artista AyamUbráis Barco.

Assista o clipe:


Você escuta o disco na integra e baixa as canções aqui:

http://tnb.art.br/rede/ayam-ubrais-barco-e-o-bando-do-mar

Se gostou, contribua com o artista independente e adquira o disco apenas por “R$10 reais” ou contribuição solidária (R$15 ou mais). 

Entre em contato com o AyamUbráispor meio do face book


Vicente Andrade



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial