.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Relatório aponta desafios para o ensino brasileiro


Foto: Unicef


Nessa última quarta-feira (10), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lançou um relatório sobre os problemas da educação brasileira.

Um dos desafios para o governo brasileiro de acordo com a Unicef é universalizar o ensino médio com mais qualidade. Para isso é preciso remunerar melhor os nossos professores e oferecer melhores condições de acesso aos estudantes.

“Mesmo que nas duas últimas décadas os indicadores de acesso e de permanência dos estudantes nas escolas tenham evoluído, o Brasil apenas conseguirá universalizar o ensino médio em 30 anos, isso, se as condições atuais na educação prevalecerem”, apontou o relatório.

A Universidade Federal de Minas Gerais (Ufmg) realizou um encontro nos dias 11 e 13 de março abordando o tema sobre os 10 Desafios do Ensino Médio no Brasil, apresentado no seminário “Ensino Médio no Brasil: sujeitos, tempos, espaços e saberes”, pelo Observatório da Juventude da UFMG.

Dentre os problemas que impedem os estudantes a frequentarem as escolas e que precisam ser sanados estão:
Trabalho precoce, gravidez e violência familiar e no entrono da escola, ausência de acesso à escola na zona rural e falta de propostas pedagógicas inovadoras.

“O Brasil conquistou grandes avanços no ensino médio, mas agora é preciso acelerar esse processo e garantir a qualidade do ensino”, diz Mário Volpi, coordenador do Programa Cidadania dos Adolescentes do UNICEF no Brasil. “Isso será possível por meio de metodologias de ensino que estejam em sintonia com o contexto, as vivências e as expectativas dos próprios adolescentes.”

Além de trazer análises e levantamentos estatísticos, o relatório do UNICEF apresenta os desafios apontados por 250 adolescentes que estão fora da escola ou em risco de abandoná-la. 

O objetivo da pesquisa, realizada pelo Observatório da Juventude da UFMG, foi entender o que os impede de permanecer na escola e progredir em seus estudos.

Vicente Andrade
Informações:



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial