.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Interação entre os jovens são atrativos do festival de cultura japonesa em Ipiaú







Foto Vicente Andrade


Algumas vezes já encontrei grupos de jovens fantasiados com uma capa negra, escudos e espadas de brinquedo andando pelas ruas ipiauense. Eu ficava imaginando o que seria aquela indumentária e qual a razão deles estarem vestidos daquele jeito.   


Se algum dia você encontrar esses jovens pelas ruas não os julguem e nem corram, pois não são coisas do Demônio e sim, jovens que se identificam com a cultura japonesa.


Assim foi a resposta que obtive ao presenciar a diversão de poucos jovens da nova geração. Na manhã desse domingo (6) foi realizado em Ipiaú pela primeira vez o Dattebayo festival.


De acordo com o responsável do evento, Atila Santos, o festival é baseado na cultura japenesa. O festival trabalhou o game, a dança e a música do país japonês durante as atividades.

“Este evento é voltado para cultura japonesa e nerd de um modo geral. Já realizamos um festival aqui no ano passado e considero ter sido um sucesso. Este ano está melhor ainda, estamos esperando um público de 200 pessoas” ressaltou Atila.

Ainda de acordo com Atila, “o evento abre espaço para jovens de todas as idades e é voltado para coisas atuais e ao mesmo é uma porta para produzir se divertindo, estando longe das drogas e do crime” finalizou Atila.

A premiação do evento foram de medalhas e brindes. Este ano o primeiro colocado das competições ganhara um vídeo-game geração nova, o xbox 360.   


Batalhas   


Concurso musical, fantasia e teatral foram a dinâmica do evento. Umas das atividades que chamou atenção foi a batalha, duas pessoas se enfrentando com fantasias e armas. Quem acertava 3 vezes o oponente era o vencedor.


O material usado para as batalhas não causam perigo de ferir ninguém, pois as espadas, marretas, escudos e tantos outros, são feitos com espaguete de piscina, fita isolante, papelão e cano. Além disso é mais uma maneira de reciclar.


Clara Oliveira participante do evento e relatou: “Conheci amigos e encontrei uma nova modalidade para se divertir e interagir com as pessoas”. Clara ainda convidou os jovens para participar dos ensaios que acontecem em Ipiaú, “os encontros acontecem as quintas no colégio Celestina e aos sábados na praça que fica em frente ao colégio Lessa. Participe”.   
Clara Oliveira em combate 

Vitor Emanuel também participou da batalha e disse que  gostou do evento: o “evento é divertido e além disso o material não vai machucar ninguém, estou gostando e vou continuar”.
O festival foi realizado no colégio Celestina Bittencourt, em Ipiaú.

Vitor pronto para atacar 



Vicente Andrade
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial