.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Sessão da câmara do dia 27 (Blá blá blá)







Seremos bastante sinceros ao que acontece no legislativo ipiauense. Com todo respeito a cada um dos Edis, não vejo maturidade e tão pouco consciência para discutir as mazelas pertinentes no município de Ipiaú.

Vejamos que a deficiência de saneamento básico, a instalação de um anfiteatro para a promoção da cultura, incentivo a formação de cooperativas e tudo que abrange a economia para com os trabalhadores não é discutido com ênfase durante as sessões.

Os treze vereadores foram eleitos, cada um com sua margem de voto, por outro lado, durante as coberturas da sessão da câmara não vejo uma evolução humana para com os problemas do município. O que se percebe é uma disputa de poder, onde tudo vale para continuar na cadeira pública.

Indo para a discussão da câmara de ontem (27), foi votada apenas as contas do município referente ao ano de 2013.

No relatório do TCU lido durante a sessão ficou claro que as contas do Prefeito Deraldino foi legal e não ouve desvio e nem improbabilidade administrativa.

Contudo, os Edis, em sua maioria votaram a favor do relatório do TCU e aprovaram as contas. Dos treze vereadores, 11 votaram a favor e 2 contra.       

Iniciou

Odair na tribuna

Diz que o relatório  do TCU não tem o que se discutir, pois relata que não houve desvio de dinheiro nas contas de 2013 do município.  E Mais uma vez as contas estão legais e pediu para ser aprovada por unanimidade.

Orlando disse que Odair não foi muito feliz no discurso, mas votou na aprovação da conta.

José Carlos disse que a câmara é um lugar de debate e cada um tem o seu voto. As contas aprovadas pelo TCU mostraram que não teve irregularidades.

Margarete disse que há dois meses esperava o relatório do TCU e voltou contra a aprovação das contas.

Jô também votou contra.

Simone parabenizou Odair e disse que está ouvindo os discursos dos colegas e ficou sem entender porque o relatório do TCU não convenceu ao vereador Jô. E que quer respostas.

Nasser disse que 85% das contas dos municípios do estado estão rejeitados. E falou que Jô se equivocou em falar das contas de Deraldino.

Adelfran disse que lembrou da última votação e não podia deixar de participar e só sente falta do público na câmara. E disse também que foi colocado em chegue a imagem de Mario Negro Monte que é relator do Tribunal de Contas.

Margarete disse para Adelfran citar nomes e que não tem medo de ameaças.

Adelfran disse que Margarete não vai conseguir atingir ele.

Nasser disse para Margarete ir procurar a Polícia Federal.

Aurelino disse que a discussão está fugindo do foco.
Edson disse que tem que respeitar o regimento. E continuou dizendo que as contas estão em dia.

Zé Carlos deu a nota 11 para a discussão. E disse que quem julga as contas são os vereadores. E parabenizou a Jô por defender a ideia de reprovar as contas. E ainda disse que fale bem ou mal mas que fale de mim. E foi um dos que aprovaram a conta.
.

E em nome de Deus, Jean, encerrou a sessão.

Vicente Andrade  

  
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial