.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Grêmio estudantil dos colégios estaduais de Ipiaú se unem para conquistar direitos



Integrantes do grêmio estudantil dos colégios estaduais de Ipiaú se movimentam em prol de melhorias na educação 


Em quase todos os discursos promovidos pelos candidatos a algum cargo político, em primeiro lugar, a educação é colocada como prioridade. Prometem usos e fundos para garantir melhores condições de ensino e aprendizado para professores e estudantes.  

Além disso, para manter o bom funcionamento da escola é necessário contar com o trabalho de pessoas que atuam em diversas áreas, como por exemplo, o servente e a vigilância. Surge um questionamento: Será que os discursos estão sendo colocados em prática? Os governantes estão fazendo o melhor pela educação?

Em Ipiaú, por exemplo, já é a terceira vez que os estudantes da rede pública estadual fazem manifestações para chamar a atenção do estado.

No final do ano passado (2015) e início deste ano (2016), houve protesto para barrar o fechamento dos turnos dos colégios estaduais de Ipiaú. (veja os vídeos 1 2 3). 

Além disso, também teve manifestação dos estudantes do Centro Territorial  de Educação Profissional (Cetep) do Médio Rio de Contas para reivindicar o serviço do ônibus escolar (veja a matéria).

As reivindicações continuam

Nessa última semana, os estudantes da rede estadual de Ipiaú, bloquearam a BR 330 para chamar a atenção das autoridades. A ação foi motivada pela falta de transporte escolar, atraso no pagamento dos funcionários, pela demissão dos vigilantes e pela qualidade da merenda escolar.
A presidente do Grêmio estudantil do Ceteps, Solange Bonfim, disse que todos esses problemas têm afetado o funcionamento do Colégio.

“ A falta de ônibus escolar, a demissão de vigilantes e o atraso de pagamento dos funcionários. Esses são os principais motivos da nossa reivindicação, a escola trabalha em conjunto, nós estudantes não temos culpa pela irresponsabilidade do governo e a única maneira de conseguir melhorias é reivindicando e unindo forças com os estudantes. Outro problema também é que com a falta de transporte, vários estudantes estão abandonando as salas de aula” argumentou Solange.

Nota de esclarecimento da secretaria de educação

Em nota, a secretaria de educação do estado informou que está tomando as providencias cabíveis para solucionar os problemas. A questão é que não informaram quando irá solucionar.

Algo interessante a ser analisado é que os salários dos políticos não atrasam. Já o do funcionário, pode atrasar, ele que espere para receber.


A mesma coisa são os estudantes que estão sem transporte escolar para ir estudar. Parece que o ano letivo pode esperar a boa vontade dos dirigentes para resolver o problema. O que falta é compromisso e responsabilidade para com a educação. Esta é a realidade.


Ultimamente, estão acontecendo diversas mobilizações estudantis no estado da Bahia para cobrar melhorias nas escolas. Se a educação estivesse sendo tratada como deveria, certamente, não estaria acontecendo todas essas manifestações.  

Novas ações dos estudantes

A união dos estudantes é de suma importância para conquistar direitos e exercer a cidadania. 

É um passo para mostrar a força da juventude de nossa região. Na última quarta-feira (13), representantes do grêmio estudantil dos colégios estaduais de Ipiaú se reuniram, na Praça Rui Barbosa, para discutir futuras ações em conjunto em prol da educação e melhoria social.

Os representantes também afirmaram que não vão parar de fazer as mobilizações enquanto o governo não solucionar os problemas vigentes.

Vicente Andrade 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial