.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Gastos com deputados chegam a 1 bilhão e quem paga somos nós





Neste texto será exposto a injustiça com o povo brasileiro, a desumanidade e o boicote ao direito conquistado pelo trabalhador.

Durante a noite dessa terça-feira (25), a Câmara dos deputados aprovou em segundo turno a PEC 241. Ao todo foram 477 votos, sendo 359 a favor, 116 contra e duas abstenções.  A PEC visa congelar por vinte anos os gastos públicos, uma vergonha que fere diretamente a cada um de nós.  

Ao invés de limitar os gastos públicos deveriam ser cortados os benefícios dos deputados e direcionar o dinheiro para o bem público. Aí sim, seria justo.

Gasto com deputados chegam a 1 bilhão por ano

De acordo com informações do Congresso em Foco, os gastos com os deputados chegam a 1 bilhão por ano.

Os custos com os 513 deputados por mês é de oitenta e seis milhões. Em contra partida o que eles fazem? A resposta é obvia, governam para a minoria.

Analise os custos:

#Salário de R$ 33.763

#auxílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento de graça para morar.

#verba de R$ 92 mil para contratar até 25 funcionários,

#R$ 30.416,80 a R$ 45.240,67 por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório, divulgação do mandato, entre outras despesas.

#Dois salários no primeiro e no último mês da legislatura como ajuda de custo, ressarcimento de gastos com médicos. 

O Brasil está enfrentando sérios problemas na saúde, educação, cultura, meio ambinete e tantas outras. E ao invés de solucionar estas mazelas, a maioria dos políticos está fazendo festa com o dinheiro publico.

Até quando teremos que suportar essa injustiça e até quando iremos ficar de olhos fechados para essa injustiça? A luta não pode estacionar!

Pagamos o banquete e ficamos com os ossos

Dias antes da aprovação da PEC 241, O presidente Temer, ainda ofereceu um jantar para duzentos parlamentares. Qual foi o teor da conversa? Além da atrocidade que fizeram com povo brasileiro, até o banquete tivemos que pagar. Restaram para nós, apenas os ossos e a conta. Será que o jantar foi caro?
   

Vicente Andrade
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial