.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

17 políticos baianos estão na lista da lava-jato




Os tentáculos da corrupção estão espalhados por quase todo o Brasil, consequentemente, a Bahia não está fora da lista.
De acordo com documentos oficiais divulgados pelo Jornal A Folha de São Paulo, 17 políticos baianos foram citados na deleção premiada da Laja-jato.
Eleitores frisem bem o nome dos políticos para que futuramente possam ser questionados pela população.

O politico mais citado foi o Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), 67 vezes citado nas delações.
O segundo foi o Jacques Wagner (PT-BA), 37 vezes citados nas delações.
Antonio Brito (PSD-BA) foi citado sete vezes, Arthur Maia (PPS-BA), seis vezes. João Almeida (PSDB-BA) seis vezes, Jose Carlos Aleluia (DEM-BA), quatro vezes. Juthay Magalhães (PSDB-BA)  seis vezes.
 Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) foi citado sete vezes. Em seguida Leur Lomanto Junior (PMDB-BA), Lídice da Mata (PSB-BA), Paulo Magalhães Junior (PV-BA) e Benito Gama (PTB-BA) foram citados três vezes.
Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Colbert Martins (PMDB-BA), Claudio Cajado (DEM-BA) e Daniel Almeida (PC do B-BA) foram citados duas vezes.

Edvaldo Brito (PSD-BA) foi uma vez citado.
As citações dos políticos baianos nas delações são relacionadas a práticas ilegais de caixa dois e recebimento de propina.

O valor que cada um recebeu variou entre 30 mil a um milhão e meio de reais. Também nas citações, o dinheiro dado aos políticos foi utilizado nas campanhas eleitorais. A maioria dos políticos são deputados federais.


Prestem atenção nesses nomes e se caso eles vierem  pedir votos na região questionem o que eles fizeram por nós.


Vicente Andrade 


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial