.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Comemos veneno?




O que comemos é saudável? De onde nasce o alimento que é posto em nossas mesas para satisfazer a beleza que é saciar a fome e degustar uma saborosa salada colorida?

Melhor seria se existissem  alimentos não contaminados com agrotóxicos. 
Por esse ponto de vista, os consumidores estão comendo o próprio veneno que pode proporcionar doenças como câncer, má formação congênita, alergias respiratórias, diabetes, distúrbios de tireoide, depressão, aborto e até Mal de Parkinson.

Alimentos contaminados

De acordo com dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), um terço dos alimentos consumidos cotidianamente pelos brasileiros estão contaminados por agrotóxicos. O pimentão lidera a lista – quase 92% das amostras analisadas apresentaram contaminação. Em seguida, aparecem o morango (63,4%), pepino (57,4%), alface (54,2%) e cenoura (49,6%).

O número elevado de agrotóxicos nos alimentos é preocupante, pois futuramente poderá causar transtornos para a comunidade gerando indesejáveis enfermidades. Aqui em Ipiaú, por exemplo, nós sabemos até de onde pode vir a  maioria das frutas, hortaliças e legumes, por outro lado pouco se sabe como é a procedência do plantio a colheita. Apenas compramos!

Uma possível saída

Para fortalecer o mercado e alimentar a cidade, a alta rotatividade da produção atropela etapas utilizando agrotóxicos. Você já se deparou com melancias esbranquiçadas por dentro e por fora, uma textura mole, um sabor diferente, ou quase sem sabor?  Já encontrei com algumas aqui em Ipiaú, assim sendo, com essas aparências, a fruta, certamente está contaminada. você já viu? 

A cidade de Ipiaú precisa criar vias para produzir o próprio alimento com diversidade e qualidade. Utilizar as terras que estão improdutivas e que podem produzir para alimentar nosso povo é uma das saídas.

A nossa cidade é praticamente agrícola e não devemos esquecer esta cultura peculiar da região. Investir na agricultura orgânica é um passo importante para contribuir com a alimentação saudável da comunidade ipiauense.



Vicente Andrade
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial