.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Secretário de Educação participa do Bote Fé

Alan Márcio Vitorino participa do programa Bote Fé! Jornalismo a favor da cidadania! dessa quinta-feira(8). Foto Ricardo Souza


Alan Márcio Vitorino é um jovem paulista que chegou a Ipiaú em 1986. Aos sete anos de idade, saiu de Sampa e encontrou em Ipiaú o porto para ser acolhido.

Alan ressaltou que a infância era muito difícil e depois que chegou aqui passou por muitas dificuldades e chegou a passar fome. A vida não era fácil para Alan e os quatro irmãos. Todos os filhos de Aparecido Vitorino e Irailde Costa Vitorino.

A fé e a perseverança foram alicerces para romper as dificuldades e colocá-las no vão do passado.

Alan estudou na Escola Salvador da Matta, Celestina Bittencourt e no curso técnico de contabilidade no Colégio Estadual de Ipiaú. (Este curso não é mais oferecido, foi extinto há muito tempo).

Avante nos estudos ingressou na primeira turma de licenciatura em letras na Uneb de Ipiaú e concluindo o curso em 2006.
Uma pequena trajetória que o fez passar no concurso para professor realizado em 2007.   

No inicio, lecionou nas escolas da zona rural do Tingui e Fazenda do povo. Após isso, começou a trabalhar internamente na área de contabilidade da educação e em abril, deste ano, recebeu o convite para assumir o cargo de secretário de educação.

Demanda da classe dos professores

Em menos de um mês no cargo, o secretario, se viu obrigado a pensar no plano para atender as demandas da classe dos professores.
Ao todo foram 11 pontos que estava sendo questionados pela classe dos professores.

1-Retroativo 2- Articulação Pedagógica 3- Quinquênio 4- Mudança de Nível 5- Giac 6- Fundeb 40 e 60 7- Plano de carreira (cumprimento e criação de comissão de acompanhamento) 8- Encontro com funcionários não docente 9- readaptação e reabilitação 10- estabilidade 11-Condições precárias doa espaços físicos das unidades de escolares.

O documento elaborado pelo secretário foi aceito pelos professores durante a assembleia geral realizada na última quarta-feira (7).

Alan ressaltou que estava ciente dos problemas que iria enfrentar, mas está disposto e com a oportunidade nas mãos para tentar amenizar e sanar as mazelas enfrentadas pelos professores.

Além disso, Alan pediu para que os professores se unissem junto ao governo para ampliar a educação de qualidade para a comunidade ipiauense. O secretário tem até 2018 para concretizar os acordos e prazos.

Vicente Andrade

  
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial