.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Documentário “vida de Professor” chega às escolas de Ipiaú

Apoiadores do documentário


A educação é um caminho para promover a justiça social e a dignidade humana. Porém para entender este aspecto devemos refletir sobre o que queremos alcançar e até onde podemos chegar.

Foto Julio Sousa.
Dia do Lançamento do documentário( Abril de 2016)

Também é proveitoso compreender quais são as necessidades para se desenvolver uma educação de qualidade e eficiente. Os moldes tradicionais já não estão funcionando muito bem, o avanço tecnológico e o desprezo da educação brasileira pelo estado tem surgido efeito na desistência e falta de comprometimento estudantil em relação ao estudo.
Com o advento da internet e a sofisticação de aparelhos celulares a nova geração pode acompanhar com mais desenvoltura este processo tecnológico. Por outro lado, os professores, em sua maioria, não se atualizaram para atender as demandas da classe estudantil.
Este exemplo não é a verdade absoluta que está estampada na realidade. Existem também as mazelas sociais encontradas fora do ambiente escolar, o desequilíbrio familiar e a desigualdade social são pontos que atrelam as dificuldades do ensino e aprendizado, a falta de respeito dos alunos com os professores e a violência na sala de aula tem se tornado comum.      
Somado a isso, em sua maioria, os espaços escolares estão precisando de manutenção, salas de aulas lotadas, escolas precisando de reparos físicos e reformulação do espaço para adequar nova experiência educacional.
Mesmo com tamanha dificuldade, o que se pode ser percebido é o amor em ensinar, o empenho em da o melhor de si para compartilhar o conhecimento com quem está disposto a aprender. Ensinar é um dom que envolve amor e dedicação.
Este trabalho, Vida de professor, é uma expressão de professores e um espaço de voz para externar o que sufoca. São relatos reais que envolvem o cotidiano do entorno educacional da querida cidade de Ipiaú.
As criticas reascendem a necessidade de transformações válidas e continuadas para abrir  espaço para novas experiências e apresentar os artistas e talentos escondidos nos ambientes escolares
Dito isto é necessário compreender que durante os eventos escolares, oficinas, trabalhos que envolvem uma dedicação dos alunos para o processo de organização é notório o rendimento e o sucesso dos estudantes.
Artes cênicas e plásticas, músicos, comunicadores, coreógrafos, são partes de artistas escondidos precisando demostrar o que sabem fazer de melhor e qual caminho seguir no ambiente escolar.  Por outro lado, as famílias também precisam ser amparadas com melhores condições de vida e justiça social.
E em sua maioria os professores são responsáveis por uma parte da sociedade, agem como mães, psicólogos e amigos. Cumprem um papel social incomparável com qualquer outra profissão.
Por isso se torna imprescindível valorizar a classe dos professores e oferecer ambientes adequados para trabalhar. Fiquei muito feliz em reencontrar meus ex-professores, a maioria ainda estão na prontidão, dando de si o melhor para continuar fazendo o que gosta. Sou grato a todos eles e também a todos os outros que vive ensinado e aprendo com gerações e gerações.
A realização deste trabalho foi iniciado em setembro de 2016. Ao todo foram colhidos cerca de 30 depoimentos dos professores que lecionam na rede estadual e municipal de Ipiaú.
O documentário que possui aproximadamente quarenta minutos de duração será entregue em todas as escolas do município. Cerca de vinte e cinco escolas já receberam o documentário. A elaboração do trabalho contou com a participação importante de lojistas, pessoas e amigos ipiauenses que acreditam numa mudança e apoiam trabalhos independentes. Uma experiência única com a recepção calorosa dos professores durante as entrevistas e entregas do documentário. E Desde já, saúdo a cada um em nome da Professora e amiga Gildete Silva.
Este simples trabalho é o inicio para tantos outros. Também pode ser usado como um dado de pesquisa para que se almejem melhorias na educação ipiauense.

Vicente Andrade                  
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial