.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Audiência pública: Reativação do matadouro de Ipiaú é nessa sexta-feira (25) de agosto



Durante o mês passado o Blog Vicente Andrade visitou algumas cidades circunvizinhas a Ipiaú para abordar a situação higiênica sanitária em relação ao abate de animais bovinos. A soma de abates bovinos de Ipiaú, Ibirataia, Aiquara, Dário Meira e Itagibá chegam a 1.500 por mês.

É notório que o abate de animais na região não está seguindo os padrões estabelecidos pela lei n°304/1996 que dispõe sobre o abate e comercialização de carne bovino, bubalino e suíno.

Já em Ipiaú, em agosto do ano passado o Matadouro d município foi interditado por não cumprir as normas técnicas da lei citada acima. A nossa região passa por sérios problemas de questões higiênicas sanitárias sobre o abate e comercialização das carnes. Além disso, alguns matadouros ainda causam agressões à natureza despejando fezes, sangue e urina de animais nos rios.

Após a publicação e repercussão da matéria, o empresário, Jackson Almeida preocupado com a situação solicitou o espaço da Câmara de vereadores de Ipiaú para realizar a audiência pública com o intuito de provocar o debate e discutir a reativação do matadouro.
Jackson Almeida preocupado com a situação solicitou o espaço da Câmara de vereadores de Ipiaú para realizar a audiência pública com o intuito de provocar o debate e discutir a reativação do matadouro.


“A ideia é mobilizar a prefeitura e os secretários para chegarem frente ao governo do Estado e pedir apoio para reativar o matadouro de Ipiaú, baseado nas diretrizes da lei para termos uma segurança na qualidade da carne. A reabertura do matadouro também vai gerar empregos para a cidade” explicou Jackson.  

Audiência e programação

A audiência Pública acontece na próxima sexta-feira (25), no plenário da Câmara de Vereadores de Ipiaú, às 19h.

Durante o evento, o técnico de Inspeção sanitária da ADAB de Ipiaú, Alexsandro Maia irá ministrar à palestra sobre as principais doenças causadas pela carne.     

O consumo do leite e da carne oriundos de animais infectados, caso sejam, ingeridos pelos seres humanos comprometem a saúde e o funcionamento do corpo.

De acordo com Alexsandro Maia “animais abatidos em condições insalubres em relação ao aspecto higiênico sanitário expõe o consumidor ao risco de adquirir doenças. Espero que a audiência pública possa sensibilizar a sociedade e o poder público para discutir a reabertura do matadouro de Ipiaú dentro dos aspectos legais, gerar emprego e renda e também atender as cidades circunvizinhas ” pontuou. 

Participe!


Vicente Andrade
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial