.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Colégio Ângelo Jaqueira foi inaugurado com ressalva






Antes de qualquer coisa gostaria de falar como ex-aluno do Colégio Municipal Ângelo Jaqueira. Há quinze anos lembro que minha mãe suou para conseguir uma vaga na conceituada escola com professores excelentes e comprometidos. Lembro que o campo era no chão, barro e poeira. As salas são as mesmas e o espaço também. A reforma só deu um pouco mais de brilho.
Biblioteca


Fui do tempo em que eu ficava de castigo quando desrespeitava algum professor e ficava com a pestana queimando quando tirava nota baixa.  Digo com toda satisfação que a condição de cuidado da minha família e dos professores não me fez menor, pelo contrário, me fez forte para seguir em frente e respeitar honrosamente os meus professores.



Sou grato a cada professor do Ângelo Jaqueira pela dedicação e carinho que tiveram comigo. Os ensinamentos e os conselhos que recebi do corpo funcional me deram a condição de reconhecer a importância desta escola na minha vida e de tantas outras pessoas.

Área Verde 




 
A felicidade foi ampla em reencontrar os meus ex-professores, colegas, amigos e ainda presenciar a reinauguração do Ângelo. Salas e carteiras novas, biblioteca, área verde e ainda uma quadra de esportes belíssima. A reforma foi fundamental para renovar as esperanças e cultuar um mundo melhor para os nossos jovens. 

A ressalva

A ressalva é uma coisa simples, mas é preciso ser abordado. Na minha época não se pensava em ar condicionado, era ventiladores potentes, ventilava a sala toda e vazia uma zoada até razoável. Estudei da sexta a oitava série.

As salas do Ângelo eram lotadas e os professores ainda utilizavam o giz para escrever. Era uma poeira danada, mas a maioria dos alunos gostava das aulas e se empenhavam para realizar as atividades escolares. Também me sinto feliz quando encontro ex-colegas e amigos de escolas.

Voltando para a ressalva. O verão está chegando e a alta temperatura em salas fechadas, sem qualquer climatização, prejudicará o desenvolvimento dos trabalhos dos professores e consequentemente irá dificultar o processo do ensino aprendizagem.

O Ângelo foi inaugurado faltando ar condicionado em algumas salas de aula. Ou seja, foi muito importante á reforma, por outro lado, não foi completa.

Conversando com o secretário de educação, Alan Márcio Vitorino, questionei a ausência do ar condicionado.
“ Reformar a escola é o nosso dever. Fico satisfeito porque a luta pela melhoria  da educação está gerando bons frutos e não pode parar. Já em relação a instalação do ar condicionado, fizemos a solicitação a empresa vencedora e a mesma não entregou no prazo e pediu prorrogação para concluir a instalação” pontuou Alan.
Sala sem ar condicionado
Ainda de acordo com Alan, “caso a empresa não cumpra com o dever, nós iremos contratar outra empresa”.

Os professores do Ângelo merecem todo carinho e respeito pelo trabalho realizado com as gerações do nosso município  


á
Vale ressaltar que o sucesso do Ângelo Jaqueira é proveniente da dedicação e comprometimento dos professores e que ao longo do tempo vem promovendo com carinho a disseminação do conhecimento para os nossos jovens estudantes.

Vicente Andrade 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial