.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Para o “Salvador de Vidas”

                                                           


A carta de Lurdinha Bezerra dedicada ao  Manoel Cândido é uma expressão da arte e liberdade. Uma junção de amor e poesia que apenas os que sentem verdadeiramente entenderão a beleza do reconhecimento!


Dr. Manuel Cândido
Todas as flores do mundo seriam poucas para um nobre agradecimento. Mas para um Salvador de Vidas, apenas o néctar de uma rosa é suficiente para intensificar a sua já resplandecente luz. 
  
Das vidas que salvastes na minha existência, esta foi a sétima contando com a dos meus filhos que vieram ao mundo pelas tuas mãos. 

Um propósito sublime Deus tem para ti além dessa tua sagrada missão. Não falo da missão de ser médico, mas de ser um homem comprometido com a Evolução do teu SER e dos que cerceiam a tua vida.

Já és abençoado, e não sei como agradecer. Os códigos linguísticos não bastam! É irrisória qualquer palavra perante o que já concedeste ao próximo! Muitas bênçãos recaem sobre ti em todos os dias da tua vida e a tua essência está repleta de graças.

Esta não é uma vã existência. Mas uma partícula de luz que se estende em raios luminosos a cada ser que se aproxima de ti, e a cada palavra, e a cada ação tua.
Precisava dizer isto e muito mais, antes que o plano espiritual nos separe, porque tenho certeza que “lá” irei demorar muito para te rever, pois, em estado evolutivo, estás com certeza, muito mais além de mim.

Muito obrigada pela atual existência terrena, por todas as que já tivestes e por todas ainda que estejam por vir à este ínfimo mundo de seres ainda tão  carentes e necessitados de alguém como ti, porque estou certa de que virás novamente para mais vidas salvares e mais espíritos se elevarem.

Nunca serei a mesma depois desse reconhecimento. Evolui mais, e me certifico que o Amor que conduz tuas ações é contagiante.

Não tome tais palavras como mero lisonjeio, mas como verdades que jamais diria se não as sentisse ou as percebesse com a intensidade que sinto. Se me conheces de fato, sabes que vãs palavras não sairiam de mim que não sejam determinadas pelos meus sentimentos mais profundos. E eu sei que tua essência é uma substância real e dotada de virtudes.

Obrigada novamente por tudo que fizeste por mim e pelos meus. Obrigada à tua equipe de Anjos enfermeiros pelo carinho e dedicação com que cuidaste da minha filha e de todos aqueles que os meus olhos testemunharam.

Que Deus intensifique a tua luz até a plenitude do Universo!

Lurdinha Bezerra.


Ipiaú, 10 de outubro de 2011
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial