.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Artigo: DOM QUIXOTE NÃO MORREU! É INVENCÍVEL.


Por Osires Rezende

 
A vida é um sonho. (Calderon de la Barca)

Postei no grupo AMIGOS DE IPIAÚ, um vídeo, O HOMEM DE LA MANCHA, onde Peter O’Toole, Sophia Loren e James Coco dão um show de interpretação, e escrevi sobre O INCRIVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE. Tudo isto motivado por uma insana brutalidade que se comete contra a cidadania e a consciência civilizada da nossa cidade. Este blog BOTE FÉ denunciou a invasão de uma creche publica por um radialista e suposta agressão a uma professora e crianças que lá estavam.

O Dom Quixote é o símbolo mais universal da luta pela justiça e pela beleza, contra as brutalidades da vida. Nem sei se estou sendo lido, mas o fogo sagrado da poesia de Cervantes, Camões, Calderón de la Barca, Castro Alves e outros que li,  como resina de napalm  me consumirá até o fim porque eu não desisto de sonhar uma Ipiaú e um Brasil mais justos e que se respeitem.

Citei que a história é implacável, no livro 64: Um Prefeito, a Revolução e os Jumentos, o Dr. Euclides Neto registra que num momento conturbado o Ministério Público, através de um Juiz altivo cumpriu o seu dever, infelizmente nós não temos uma biblioteca publica, todos os membros do Ministério Publico que servem em Ipiaú deveriam ler este livro para se portarem à altura das nossas tradições civilizatórias.

Não sei quem é o Juiz, não sei quem é o delegado, não sei quem é o promotor, não sei quem defende os menores vulneráveis em nossa cidade. Será que eles não têm mães? Não têm esposas?  Não tem filhas, não tem filhos? Será que eles não têm um mínimo resquício de brio para se indignarem e cumprirem com os seus deveres.

Sim, porque para se cumprir com o dever não se pode seguir apenas a letra fria da burocracia  é preciso também o brio movido pela indignação, nem tanto contra o pobre coitado do radialista o seu desvario foi potencializado pelos poderosos, o proprietário da emissora de rádio e a senhora prefeita municipal, e aqui vou dar um credito a senhora prefeita para que não me acusem gratuitamente, pode ser que ela tenha sido ludibriada por algum puxa-saco canalha que tentou abafar o caso. Mas esta afronta dos poderosos é inaceitável. Será que eles e o Ministério Publico não sabem que diversos órgãos nacionais e até internacionais já constataram que esta violência domestica, cotidiana contra as mulheres e menores vulneráveis já se tornou uma questão de saúde publica e a legitimação por parte deles deste programa radiofônico, como que vai estimular mais violência. É preciso penaliza-los na forma da lei.

Sei  que é provável que algum áulico esteja lendo estes escritos e comunique ao proprietário da radio, a senhora prefeita e a membros do Ministério Publico e sei que eles podem me esnobar, “é um frustrado, é um revoltado”. Tudo bem, coitados! Se eles ouvissem O Sonho Impossível, cantado por Peter O’Toole, Sophia Loren e James Coco, eles procurariam cumprir com os seus deveres e me dariam um credito como insistentemente eu tenho lhes dado, apesar de tê-los fustigados picarescamente.

O exercito de Brancaleone pode levar este caso a instancias superiores, impossível não há, diria um outro herói, o imortal Quincas Berro D’ Água, mas mesmo que não consigamos levar até instancias superiores escreverei até o fim, quem sabe reunamos estes escritos num livroide, como o de Dr, Euclides Neto, para que a afronta e a derrota que os arrogantes estão nos impondo na atualidade seja a nossa vitória e a posteridade tome conhecimento dos que chafurdaram na indecência da omissão e da sabujice aos poderosos de plantão.

Um forte abraço e até mais ver, Osires Zaru de Hildebrando.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial