.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Servidores públicos de Itagibá vão paralisar as atividades nos dias 22 e 23 deste mês





Reivindicar os direitos é um ato legitimo e um instrumento de grande importância para conquistar as melhorias.

Os servidores públicos do município de Itagibá reivindicam a correção salarial, o pagamento da insalubridade, periculosidade e o quinquênio. Outro ponto importante cobrado pelos servidores está relacionado à elaboração e implantação do plano de cargos e salários.

De acordo com a presidente do sindicato de Itagibá, Marilu Neiva, existem diversas reivindicações do movimento e uma delas é ser recebido pela gestão para tratar dos interesses dos servidores do município. Ao todo já foram enviados seis ofícios para o gestor e até hoje não tiveram respostas.

Marilu Neiva pediu união e comprometimento da classe com a causa para conquistar os direitos.

Marilu Neiva pediu união da classe e comprometimento com a causa para conquistar os direitos.
A decisão da paralisação foi tomada durante a assembleia geral realizada na câmara de vereadores de Itagibá, na noite desse sábado (10).

A paralisação está marcada para os dias 22 e 23 de março. Na ocasião representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipiaú e Região do Vale Médio Rio das Contas (Simip), Jaelson Vasconcelos, Miguel Barbosa e Adelson Carvalho apoiaram a causa e se colocaram a disposição.
O presidente do Simip, Jaelson Vasconcelos, relatou que a paralisão é legitima e que é de “grande importância para  que os trabalhadores conquistem melhorias”.
  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial