.

BOTE FÉ! Jornalismo a Favor da Cidadania!

Gervásio Oliveira, um simples cidadão comum Ipiauense, morre aos 63 anos




Não sou muito bom em palavras para me despedir de alguém em relação às partidas para outros planos. Mesmo assim, não poderia deixar de pontuar a fibra e a coragem de um cidadão comum ipiauense que nos deixou inesperadamente. 
   
Foi com a imensa surpresa e tristeza que recebi a noticia que o senhor Gervásio de Oliveira, 63 anos, havia falecido proveniente de um infarto, na madrugada desta sexta-feira (22).

Acredito que muitas pessoas de Ipiaú o conheciam e também sabiam que o Gervásio não fazia mal nenhum a senhor ninguém. Ele apenas vivia como podia e educadamente andava pelas ruas de Ipiaú. Toda vez que o encontrava batia um papo com ele, falava um pouco da história e como ele vivia. As conversas serviam para ficar registrado um pouco da voz e imagem de um cidadão comum de bem.

Gervásio foi educador, trabalhou mais de dez anos no banco e foi posto para fora do emprego praticamente sem direito algum. E após isso, não achou mais oportunidade para trabalhar. Talvez seja por isso que o poder público não dava atenção e tão pouco era visto pela grande mídia.

Em poucas conversas, perguntei a Gervásio o que ele achava que deveria melhorar em Ipiaú e pontualmente ele respondeu:

“Aqui precisa de uma indústria ou fábrica pra colocar o povo para trabalhar. Antigamente a cultura era mais viva e nós tínhamos teatro, cinema e várias atrações e hoje não temos nada. Mas o que devemos ter é paciência” pontuou Gervásio.
Agora o que resta é a saudade. Assim, desejo que Deus conforte o coração dos Famíliares de Gervásio e ofereça força neste momento difícil.    

O sepultamento está marcado para as 17h, no cemitério antigo de Ipiaú.

Vicente Andrade      

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial